fbpx

Investimentos entre UE e EUA

Investimentos entre UE e EUA - Blogs - InvestDream.net

Investimentos entre UE e EUA, tem uma razão de existir. Pela migração de tais investimentos entre os residentes da União Europeia, para a terra do “Tio Sam”.

O impacto da guerra da Ucrânia próxima ao núcleo europeu, afeta diretamente a economia de vários países membros.

Tal impacto econômico se dá pelas políticas de incentivo à recuperação pós-crise financeira, taxas de juros elevadas, estabilidade econômica, variedade de oportunidades de investimento e maior liquidez do mercado de ações. 

Este artigo abordará toda essa gama que compõe os investimentos entre a UE e os EUA.

Guerra na Rússia x Ucrânia unifica Europa e Estados Unidos

Com baixas e mortes na guerra entre Rússia e Ucrânia, ambos culminaram num prejuízo econômico a outros polos da Europa e do continente Africano. Por estes dependerem de produtos russos e ucranianos para garantia da subsistência.

Tendo esse conflito raízes históricas e políticas. Os Estados Unidos têm interesse na Ucrânia e na Europa Oriental, mesmo não  estando diretamente envolvido na guerra.

Além disso, a Ucrânia é relativamente distante dos Estados Unidos, o que significa que os efeitos da guerra tendem a ser menores no país em comparação a outras partes da Europa.

Nesse contexto, fica claro que os investidores europeus buscam fornecer investimentos em outros países como o território norte-americano, sendo a economia mais diversificada e com extensa gama de setores econômicos.


Este assunto pode-lhe interessar: Auto-investimento — Por que você deve ampliar suas habilidades?


Políticas de incentivo

A liderança política é um fator importante na recuperação da crise financeira e isso se vê no controle dos Estados Unidos atualmente.

Medidas de estímulo à recuperação da economia foram implementadas no país após o governo de Joe Biden assumir a presidência.

Esse estímulo fiscal fez o país alcançar o reequilíbrio financeiro que resulta num atrativo para quem deseje aportar seus investimentos. 

Contudo, as formas de incentivo para atrair investimentos estrangeiros são:

Zonas de livre comércio –  áreas geográficas onde empresas estrangeiras estão  sujeitas a alguns impostos e regulamentações que normalmente são aplicáveis a empresas americanas. Isso reduz custos de operação.

Incentivos fiscais – Atrai investimento estrangeiro, com isenções de impostos sobre o lucro, deduções fiscais em investimentos ativos, e incentivos para investimentos em áreas com baixo rendimento.

Acesso ao mercado РSendo os Estados Unidos um dos mercados mais abertos e din̢micos do mundo, ̩ atraente para os investimentos entre UE e EUA num ̢mbito amplo e diversificado.

Taxas de juros atrativas e estabilidade econômica

As principais razões pelas quais os investimentos entre  UE e EUA se intensificaram, é a diferença nas taxas de juros. 

Como as taxas estadunidenses são, geralmente, mais elevadas do que as da União Europeia, elas se tornam atraentes para os investidores que procuram obter um retorno elevado em seus investimentos.

Além disso, os juros americanos tendem a ser voláteis em comparação a Europa, o que é atrativo para os investidores com perfil de médio e de alto risco, que maximizam seus lucros e  aproveitam as oscilações das taxas.

Outra razão, é a estabilidade econômica. A economia dos EUA é mais estável comparada a muitos países integrantes da União Europeia.

Porém, no que esta estabilidade implica?

Num mercado de trabalho forte, com setor de serviços robusto, tendo grande base de consumidores, impulsionando uma recuperação de crise financeira mais rapidamente  que países com base consumidora fraca.

Isso ocorre pelo consumo ser uma fonte de demanda na economia e auxiliar no estimulo do crescimento econômico. 

Variedades de investimentos entre UE e EUA

Os investimentos entre UE e EUA se dão também pela procura diversificada de uma carteira de investimentos, que na prática são:

A̵̤es Рcompra de a̵̤es de empresas listadas na Bolsa de Valores dos Estados Unidos, como a NYSE (Bolsa de Nova York) ou a NASDAQ.

Fundos mútuos – investimentos onde o capital de vários investidores é reunido e usado para comprar uma variedade de títulos, como por exemplo, títulos do Tesouro.

Os fundos mútuos podem ser focados em um determinado setor ou tipo de ativo, como ações de tecnologia ou títulos de renda fixa.

Títulos do Tesouro – emitidos pelo governo federal e são considerados um investimento seguro. Existem diferentes tipos, como títulos do Tesouro a curto, médio e longo prazo.

Imóveis – se dá por meio de  casas ou apartamentos para aluguel.

Investimentos em startups – este tipo de investimento pode ser feito por meio de plataformas de crowdfunding ou diretamente nas startups.

Fundos de investimento –  administrados por gestores de investimentos que utilizam recursos de vários investidores para comprar variedade de ativos, como ações, títulos do Tesouro e imóveis.

Investimento em ouro Р̩ considerado um ativo de ref̼gio seguro em tempos de incerteza e tamb̩m uma op̤̣o de investimento nos Estados Unidos.

Investimento em criptomoedas Рcomo por exemplo o Bitcoin, podem ser uma op̤̣o de investimento de alto risco nos Estados Unidos.

Commodities – seja no petróleo, gás natural ou metais preciosos. Pode ser feito por fundos de investimento ou por contratos futuros negociados em bolsas de commodities.

Investimento em títulos corporativos – por meio de letras de câmbio ou debêntures, emitidos por empresas americanas. Oferecem taxa de juros fixa considerando-se menos arriscadas do que ações, porém, podem oferecer retorno menor. 

Liquidez de mercado entre as causa de investimentos entre UE e EUA

A liquidez refere-se à facilidade com que ativos podem ser comprados e vendidos dentro do mercado. 

Quanto mais líquido o mercado, mais fácil a compra e venda de ativos, o que é atraente para os investidores que almejam facilidade na entrada e saída de um investimento.

Por conta desta liquidez de mercado, os investimentos entre UE e EUA causaram esta promoção de migração na economia americana.

Fazendo investidores entrarem e saírem de posições rapidamente, se necessário. Além disso, significa que investidores facilmente obtém cotações precisas de preços para os ativos, o que pode ajudar na tomada de decisões.

Como vimos, o mercado financeiro dos Estados Unidos tem oferecido benefícios para cooptar os investidores europeus. No entanto, no cenário atual, visto que os investimentos envolvem riscos e não há garantias de sucesso.